América do Sul Argentina

Dólar, peso ou real, qual moeda devo levar para a Argentina?

O Real também é uma moeda conveniente na Argentina, embora não seja amplamente aceito como o Dólar Americano.
Escrito por André Darugna

Poucas pessoas sabem, eu mesmo viajei à Argentina recentemente sem saber deste problema e sofri as consequências, o fato é que no país de Maradona o dólar possui várias cotações diferentes. Mas afinal, qual moeda devo levar para a Argentina? Como posso fazer boas compras e conseguir o melhor valor no dinheiro?

O artigo de hoje será simples e objetivo, falando sobre como economizar ao viajar à Argentina, tendo em vista a problemática da variação cambial entre o dólar oficial e o dólar paralelo, também conhecido como dólar blue.

Quem viaja ao exterior e faz compras com seu cartão de crédito está acostumado a pagar o IOF de 6,38%, não é nada interessante mas os 6% são uma forma segura de viajar sem muito dinheiro vivo. Já na Argentina, infelizmente a recomendação será de abolir o uso do cartão de crédito, lhes explicarei o porquê.

Dólar, real ou peso, qual moeda devo levar para a Argentina?

Bom como lhes falei, o uso do cartão de crédito não é nada recomendável na Argentina, o motivo é bastante simples o dólar oficial está desvalorizado e sua compra ainda será acrescida do IOF de 6,38% mais outros impostos criados pelo governo brasileiro.

Na Argentina há uma grande incerteza política e financeira, o que criou um mercado paralelo de câmbio muito grande, hoje existem em nosso vizinho quase 11 tipos de cotação do dólar, mas as duas únicas que interessam para nós brasileiros são: dólar oficial e dólar blue.

notas 100 600x400 Dólar, peso ou real, qual moeda devo levar para a Argentina?

Dólar é a melhor moeda para se levar para a Argentina.

Dólar Oficial:
É a cotação imposta pelo governo argentino, que desvaloriza a moeda estrangeira, absorvendo mais dólares por cada peso argentino, seria mais ou menos como se o governo brasileiro fingisse que “um dólar vale R$1,50″ ao invés do valor atual “2,40”. Não sou um especialista em câmbio, mas aposto que vocês entenderão.

Dólar Blue (paralelo):
Este é o dólar encontrado nas ruas, que é aceito no comércio, restaurantes e qualquer lugar onde você desejar comprar. Os argentinos estão muito apreensivos com a situação do país, pois o governo da Kirchner está acabando com a Argentina (opinião acompanhada por mim nos canais de televisão argentinos).

Dessa forma, todos querem dólares, o comércio em geral prefere receber dólares do que pesos, pois a moeda americana é muito mais forte e não correm o risco de no dia de amanhã a moeda perder valor sem mais nem menos, algo que eles estão acostumados com as várias crises financeiras que enfrentaram nos últimos 50 anos.

A dica é na medida do possível viajar com seus dólares em dinheiro vivo, mas isso exige muitos cuidados pois além de ser um destino barato, charmoso, bacana e legal de conhecer, na Argentina, especialmente em Buenos Aires, há muita, muito violência (roubos, assaltos, etc.).

Os ladrões são muito bem treinados e é comum você não se dar conta de que está sendo roubado. Tente evitar levar todo seu dinheiro num mesmo lugar, não deixe dinheiro no hotel, procure literalmente esconder seu dinheiro pelo corpo, use estes porta-dinheiro (pochetes) especiais para viagem, que ficam escondidos por dentro da roupa.

casa cambio 600x336 Dólar, peso ou real, qual moeda devo levar para a Argentina?

Nas casas de câmbio o dólar oficial pode valor 3 pesos a menos do que nas ruas.

Cotação Dólar vs. Dólar Blue – Argentina

Para que vocês entendam um pouco a diferença do câmbio dólar oficial vs. dólar blue no dia de hoje (22/08/13):

Dólar Blue Compra: $ 8.55 (pesos argentinos)
Dólar Blue Venda: $ 8.60 (pesos argentinos)

Dólar Oficial Compra: $ 5.56 (pesos argentinos)
Dólar Oficial Venda: $ 5.62 (pesos argentinos)

* No caso de você ter o dólar e comprar pesos, você sempre receberá a cotação de “Compra”.

A diferença é clara: 3 pesos argentinos a mais em cada dólar, isso é muito, muito dinheiro e você não pode cair na mesma furada que eu. Quando viajamos à Corrientes em Maio de 2013, compramos sem freio, não sabíamos da diferença do dólar, quando chegou a conta do cartão de crédito nós realmente ficamos surpreendidos, o valor veio muito mais alto do que o esperado.

Você pode acompanhar o preço oficial do dólar aqui e do dólar blue aqui.

Posso levar Reais para a Argentina?

Poder pode, mas não deve. Em meio à insegurança financeira do país vizinho eles estão aceitando qualquer coisa que não sejam pesos, acontece com o real brasileiro o mesmo que ocorre com o dólar, existe um preço oficial e um preço no mercado paralelo, porém, a aceitação no comércio em geral não é a mesma que a da moeda norte-americana, por isso não é tão recomendável levar reais em sua viagem.

reais Dólar, peso ou real, qual moeda devo levar para a Argentina?

O Real também é uma moeda conveniente na Argentina, embora não seja amplamente aceito como o Dólar Americano.

Como última alternativa você poderá fazer um câmbio na rua, mas isso é muito perigoso, existem tantos bilhetes falsos naquele país que realmente não deve-se pensar muito neste tipo de negócio. Tome muito cuidado com os taxistas, que por sua mobilidade costumam trabalhar liberando notas falsas como troco para os turistas (eu mesmo caí nessa em 2005, quando morei na Argentina).

Você pode estar se perguntando se não será melhor já trocar reais por pesos no Brasil não é mesmo? É uma excelente pergunta, mas na prática não é tão fácil encontrar pesos, e o preço que você pagará por ele não condiz com a realidade.

Com tudo isso vale a pena viajar para a Argentina?

Claro que vale, a Argentina é um país belíssimo, fora a charmosa cidade de Buenos Aires que tem um milhão de coisas para fazer, você encontra outras cidades muito interessantes para conhecer, como Bariloche e seu turismo de inverno (neve, ski), Corrientes que é uma pequena cidade e tranquila cidade digna de se visitar no norte argentino, entre outras.

Se você pensa em fazer uma viagem de passeio e compras, a Argentina ainda é um dos melhores destinos para os brasileiros, seja pela proximidade, pelo idioma (mais parecido), quanto pela conveniência do valor do Real frente ao Peso.

De forma alguma este artigo pretende desencorajá-lo a viajar à Argentina, muito pelo contrário, gosto muito de viajar ao país e sempre que posso dou uma passada por lá, minha última passagem foi em Maio, quando viajamos eu, minha esposa e meus pais, onde conhecemos Corrientes, uma cidade que fica ao Norte do país, com muitos dos atrativos que consagram a Argentina entre os países mais visitados por nossos compatriotas: gastronomia de primeira, compras pela metade do preço, teatros, arte, história e boa receptividade.

Conte-nos sobre sua experiência na Argentina, quais cidade você conhece e o que mais gostou no país vizinho.

Se você ainda não comprou suas passagens, ou não reservou seus hotéis, clique aqui e encontre os melhores preços em hospedagem e passagens aéreas. Aproveite as promoções!

Sobre o autor

André Darugna

Blogueiro profissional, adora viajar e foi vencedor de 2 prêmios no Top Blog 2011. Além de publicar neste blog também escrevo no iPad Dicas.

69 Comentários

  • Amigo,

    Estive com a familia em Buenos Aires no mês de julho e, como já sabia destas variaveis do câmbio, procurei me informar na internet e com amigos que vão com mais frequencia, pra tentar tirar algum lucro dessa história.

    Levei bem poucos pesos argentinos, comprados aqui em Porto Alegre por R$0,38, alguma coisa em reais e a maior parte do dinheiro em dólares, também convertidos aqui na faixa de R$2,39.

    Tinha o básico em pesos para pagar o taxi do aeroporto até o hotel e o almoço do dia seguinte…lá eu veria o que fazer.

    Como tenho um amigo argentino em Buenos Aires, ficou fácil trocar os dólares e conseguir a cotação paga pelo dolarblue, troquei desta forma parte do dinheiro, na época 8,5 pesos por um dolar.

    O preço de tudo lá está muito caro, deve ter inflação até nos preços em dólar, só que com essa conversão vantajosa, ocorre que lojas e restaurantes pegam o preço em pesos e dividem por 8 ou 8,5 a as compras, refeições e estadias, pagas em dolar acabam saindo uma pechincha, com redução de cerca de 35%.

    Ou seja, um simples perfume que na loja custa 500 pesos, pelo cambio oficial seriam R$200,00, com pagamento em dolar, facilmente aceito lá, o vendedor pega os 500 pesos e divide por 8 ou 8,5, ou seja, os 500 pesos viram 62 dolares aproximadamente, ou R$150,00 ao inves dos normais R$200,00 pelo câmbio oficial.

    E assim da mesma forma se paga hotel, compras em lojas e shoppings, restaurantes, enfim, tudo.

    Nessas condições tá bom ir a Buenos Aires. A troca, como poucas pessoas têm amigos em Buenos Aires, com muito cuidado, pode ser feita nos caras que oferecem nas ruas. Na maioria dos casos são agentes de empresas de turismo, eles te levam até a agencia e lá fazem o troca dos dolares por pesos…e o peso é uma moeda bem fácil de identificar se é falso.

    Mas cuidado sempre é bom, tanto com o porte do dinheiro…muito malandro nas ruas, como também na hora de trocar no blue…´prefira sempre aqueles que te levam à agencias que ficam nas galerias da Lavalle e Florida. Não vai te dar moeda falsa se eles tem estabelecimento em local fixo. Essa é a minha dica. Qualquer coisa jaromancini@gmail.com

    • Olá João, que bacana seu depoimento.
      É realmente verdade, comprar nestas condições na Argentina está ainda mais convidativo, mas tem que se ir preparado como você falou.
      Grande abraço e obrigado por compartilhar.

  • Oi Dé,
    Que legal esse post…
    Estou indo para BsAs esse mês e estou super apreensiva!
    Consegui comprar peso Argentino aqui no Brasil por um bom preço, no Banco de la Nación Argentina, mas, vou levar uns dólares também!
    Meu medo mesmo é da violência que está rolando por lá…
    Vou sozinha e, por ser mulher, rola uma insegurança!!!
    Vou ficar na Recoleta, mas, gostaria muito de poder passear e conhecer a cidade com tranquilidade…
    Alguma dica quanto a isso?
    Boa sorte no blog, os posts são ótimos! Parabéns!!!

    • Oi Caro, tudo bem?
      Eu acredito que será melhor você considerar cuidados gerais, nada muito perigoso que alguém que mora em São Paulo não conheça e não se cuide.

      Como outros já comentaram, Buenos Aires é realmente perigosa, mas nada fora do comum. Como minha amiga recomendo não sair sozinha de noite e nunca pegar Taxi, somente REMIS, os remises são um meio de transporte como os taxis mas não são pegos na rua, sim em agências, você pode pedir ao hotel que chame um.

      Evite as notas falsas ao máximo, rola muito em todo lugar.
      No mais, boa viagem e depois me conte como foi!
      Beijos.

  • Olha, Carol!
    sou brasileira e moro aqui em Buenos Aires.
    As dicas estão super atualizadas em relação a tudo (moeda, segurança, lugares lindos, preços, etc).
    Eu diria para você estar sempre atenta a sua bolsa/mochila nos estabelecimentos porque se você se distrai, levam; os taxistas são metidos a espertinhos, mas o mesmo acontece aí no Brasil. Na medida do possível, evite pagar com notas de $100 (pesos). Pague com dinheiro trocado. Assim você evita as notas falsas. Também fique atenta nos Kioscos (lojas que vendem doces, refrigerantes) que parecem praga por aqui (refiro-me às notas falsas). Atenção com celular e câmera fotográfica. Essa última deve estar presa ao seu pulso pelo cordão. E saia muito para se divertir, mas sem aceitar caronas, prestando atenção ao seu copo de bebida e não seja demasiada simpática. Apenas o necessário. Os homens aqui entendem nossa simpatia de forma muito machista.
    De resto, é um país com falta de segurança como o nosso. Temos só que tomar cuidado.
    Você pode me encontrar no facebook se quiser saber mais alguma coisa. Tenho até um amigo que é taxista e trabalha com turistas brasileiros. Ele morou no Rio de Janeiro. Posso te indicar, com telefone e e-mail. Mas só se você quiser. Não quero que se assuste comigo. rsrsrs!
    Beijinhos, boa viagem e estadia aqui.
    André, parabéns pelo seu blog!

    • Boa noite, Edna
      Estou na mesma condição da Carol. Gostaria muito, muitíssimo do telefone do seu amigo taxista. Valeu pelas dicas e aguardo pela resposta.
      Hasta luego

  • Estive 20/09/2013 em Posadas, e comprei no cartão foi a maior fria, não usem cartaão na Argentina,o meu veio 30% a mais fora iof, façam cambio real peso na fronteira por 0,26.

  • Bom, li os comentários e resolvi postar algumas coisas para poder ajudar quem esta indo para Buenos Aires. Acabei de chegar de Buenos Aires, um lugar lindo e maravilhoso. Pena que eu não tenha lido os comentários antes de ir. O melhor atualmente é levar dólar. Essa moeda esta super valorizada, cheguei a gastar um dólar a 10 pesos em alguns restaurantes e fazendo compras também. Não faça compras em cartão e tbm não leve os famosos cartões global travel que você retira pelo banco. Lá na argentina tudo que vc compra é automaticamente convertido pelo peso que esta 5,34 para 1 dólar, então não vale a pena. Tome bastante cuidado com os doleiros que ficam pela rua Florida gritando o tempo todo cambio, cambio, cambio., eles acabam dizendo que te vende o dólar a 7 pesos… Cuidado, não entrem nessa fria, o melhor é realmente não dar confiança. Troque se possível o dólar ou real no próprio hotel que acaba pagando bem, 8 pesos para 1 dólar ou 3 pesos para 1 real. Peça também taxi pelo hotel que eles tem sempre o radio taxi que já te dá o valor da oorrida e vc não corre o risco de te devolverem notas falsas. Bom, de resto é sair e aproveitar a cidade maravilhosa.

  • Boa tarde,
    Estou indo para a Argentina no próximo mês e pelo que li o mais recomendável é levar dólares, correto?
    Existe algum limite de valor em espécie para poder levar?

    Atenta de um retorno.

    Muito obrigada!

    • Oi Glaucia, eu estou aqui na Argentina durante todos esse mês de Outubro. É muito recomendável trazer dólares sim! Porém, deve tomar cuidado com as notas falsas (o que são muito comum por aqui). Eu sempre troco dólares com a pessoa do meu trabalho aqui na Argentina, assim pelo menos garanto a integridade das mesmas :) Boa viagem!

  • Boa tarde! Fechei ontem uma pacote para Buenos Aires agora para novembro-2013 e estou me sentindo perdida no meio de tantas informações. Vou ser bem prática na minha dúvida. Eu tenho disponível pra levar R$ 1.000,00 só vou ficar apenas 3 dias… A pergunta é: Troco esse valor aqui no Brasil por dolar ou peso? Troco lá por peso ou dolar? O meu pensamento é trocar 100,00 aqui por peso pra pagar o taxi do aeroporto até o Hotel… Mas o restante do dinheiro eu faço oq? Outra dúvida, Free shop, não vale a pena usar cartão? Isso q não to entendendo bem. Me ajudemmm!!!!

  • Leonardo Oliveira e Edna Vitalina,

    Muito obrigada pelo retorno!!! Que pena que eu só li os comentários de vocês quando voltei de BsAs. Mas, a viagem foi incrível!!! Dé, todas as suas dicas foram muito úteis!!! Aproveitei muito por lá!!! Beijos

  • Marcelle Dias,

    Estive lá semana passada e recomendo levar peso ou levar dólar e trocar lá por peso! Não foi todos os lugares que aceitaram outra moeda e, como todos já disseram, precisa ficar esperta no lugar que for trocar para que o preço seja justo e para que a nota seja verdadeira! No hotel que eu fiquei cada dólar era equivalente a 6 pesos, mas, fui em lojas que esse câmbio era equivalente a 9 pesos!!! Então, vale a pena se informar antes de trocar a moeda! Passei 5 dias por lá e gastei em torno de 300 a 400 pesos por dia. Vai depender do que você vai fazer. Eu peguei um mapa e andei muito por lá. Só usei o táxi para ir e voltar do aeroporto mesmo… E no meu hotel tinha café da manhã incluso, então, esse custo diário foi de almoço, lanche, essas coisas… A crise encareceu um pouco a cidade, mas, vale muito a pena porque é belíssima e você pode se divertir sem gastar muito! Beijos

    • Olá Marcelo, tudo bem?
      Posso lhe confirmar que em Corrientes também aceitam o dólar com boa cotação, superior ao dólar da Cristina.
      Não sei dizer se em todas as cidades, mas provavelmente nas turísticas ao menos sim.

      Até já.

  • Acabei de chegar de Buenos Aires e tive que vim agradecer pelas informações. Acabei vendo varias indicações de um brasileiro q faz tudo de turismo por lá, inclusive o câmbio. O Leonardo fez o cambio, me deu exemplo de qual moeda era melhor para levar, me deu dicas de notas falsas, deu varias dicas pela cidade, comprei ainda show de tango, zoo luján e city tour com preço muito bacana e saiu tudo conforme combinado. Indico muito o trab dele, comigo deu tudo certo! Parabéns André pelo blog e informações!!!!

  • Prezados,
    Fui para Buenos Aires sozinho agora no fim de outubro. Realmente devo dizer-lhes que o câmbio paralelo realmente é o que faz sair em conta nossa viagem e compras por lá. Já cheguei lá com tudo certo (cambio, traslado, passeios, etc), tudo tratado aqui no Brasil através da internet mesmo com o Leonardo, que além de dar ótimas dicas, deu suporte 24 horas enquanto estive lá. Super recomendável!!

  • Nossa… achei um tanto quanto pessimista estas “dicas”…
    Esperava ver dicas legais… violência tem em todo lugar, notas falsas também… E outra.. Utilizar dólar na Argentina??? Que eu saiba é proibido. Hello!!!

    • Olá Vanessa, diferente do Brasil na Argentina o dólar é uma moeda livre e corrente, você pode pagar muitos serviços utilizando dólares. Existem lojas que somente exibem o preço em dólar, por mais que você não saiba isso é permitido sim.

      Como já morei na Argentina posso lhe dizer que sim, é um país inseguro, que possui moedas falsas rolando livremente e inclusive tive o azar de pegar duas vezes, uma no Caminito e outra no taxi.
      Até já.

  • Vou a Buenos Aires amanhã e ainda não troquei meu dinheiro, minha dúvida é a mesma da Marcelle. Eu tenho $ 1.000,00 e vou ficar sete dias. Troco esse valor aqui no Brasil por qual moeda? Troco um pouco aqui e um pouco lá? Estou me sentindo insegura para trocar qualquer moeda. Me ajudem, por favor!

  • Olá, vou para Foz do Iguaçu em janeiro e quero passar o dia e fazer compras pequenas/jantar em Puerto Iguazu, além de conhecer as Cataratas Argentinas, vale a mesma idéia de levar dólares para essa cidade? Abs

  • Galera,

    Adorei os comentário e a iniciativa do blog, eles serão de muita serventia para a viagem que farei com a minha namorada agora em janeiro.

    Sobre isso, a viagem que faremos para Buenos Aires, já decidimos levar dólares só que ainda estamos em dúvida sobre onde exatamente realizar o câmbio dos dólares para os pesos. Afinal, nem todos os estabelecimentos aceitam dólares e, ao que parece, muitos que aceitam trabalham com a cotação “oficial” do governo, o que nos fará perder uns 3 pesos por cada dólar gastado.

    Desse modo, gostaria de lhes pedir uma ajuda sobre em qual lugar fazer o câmbio. Eu e minha namorada já reservamos local pra ficar na Calle Florida. Logo, se conhecerem algum estabelecimento que realize câmbio de dólares ali por perto, nós avisem, por favor.

    Leonardo Vasconcelos, te adicionei no facebook para pegar umas dicas, blz?

    Abraços e obrigado pela atenção pessoal!

    • Olá José, tudo bem?
      Não posso lhe indicar um local, na Calle Florida tem vários locais confiáveis, faça o câmbio por lá sem medo.
      Só cuide de seu dinheiro, essa rua em particular é bastante perigosa (roubos).

      Até já.

  • Amigos eu acabei de voltar de Buenos Aires (dia 01) e para lhes ajudar a terem uma ideia como anda a questão do dinheiro por lá, aí vai a cotação do real e do dolar frente ao peso argentino: real vale 3,70 e o dolar 9,70 por peso. Ou seja, levar pesos vocês só devem levar mesmo alguns (cerca de 400) para as despesas iniciais. Quanto ao restante, aí vocês decidem em que moeda devem levar. O comércio aceita tanto real quanto dolar, mas dando preferência ao dolar. Agora para as despesas diárias, aí o melhor mesmo é fazerem o câmbio por lá. Aliás, aí vai uma dica de uma casa de câmbio confiável: na galeria Boston na rua Florida. Um abraço e bom passeios. Que, aliás, não faltam por lá.

  • André, estou indo pra Mar del Plata em 12/03. Vou ficar 2 horas no aeroporto Jorge Newbery, Buenos Aires. Tem como fazer câmbio no próprio aeroporto?

  • Boa tarde André!

    Conclui nos posts acima que o mais recomendável, então, é levar dólar para Buenos Aires. Minha dúvida, no entanto, é a respeito dessa desvalorização do peso que surgiu na mídia pela manhã. Ainda assim, compensa eu levar dólares já trocados (a melhor cotação que encontrei hoje foi 2,55 para compra) para todas as transações por lá? Ou levo dólares e troco uma parte por peso? Outra dúvida: e na volta se sobrar dólares, consigo vender nas casas de cambio no Brasil? Sou advogada, não entendo nada de economia, rs! Estou perdida… Ah, minha viagem é para a primeira semana de março, por isso gostaria do contato da Edna Vitalina se você tiver para trocar dicas! Obrigada

    • Olá Moni, agora mais do que nunca compensa levar seus dólares.
      Entenda que agora seu dólar vale mais pesos, ou seja, você vai ganhar com a desvalorização.

      Leve dólares, não leve pesos, não leve reais. Dólares lá valem ouro, sobretudo quando falamos do mercado paralelo, não troque dinheiro na rua, mas troque em casas de câmbio e cambistas confiáveis.

      Não tenho contato da Edna Vitalina, infelizmente.
      Até já.

  • Olá,

    Vou para BA dia 25/02 volto dia 02/03, um amigo brasileiro que mora lá está me ajudando, vou levar os pesos equivalente ao táxi até o hotel, o restante levarei real ou dólar, ele disse que consegue trocar pra mim. Nesse caso, pelo que li, é melhor levar dólar, é isso?

    • Olá Perly, tudo bem?
      Você pode levar somente dólares, os táxis aceitam dólares.
      Sim, é melhor levar dólares, ainda mais pois estão pagando 13 pesos por cada dólar, isso é excelente, melhorou esta semana.

      Atenciosamente,
      André Darugna.

  • Olá André Darugna,

    Vou passar o Carnaval (02/03-09/03)com a minha mulher e filha em BAs. Pediria que vc me informasse como fica a cidade nesse período, o q fecha e o q abre, o q tem p/ fazer, se posso levar a minha filha (8 anos) a um show de tango, como faço para pegar o ferry a Carmelo de Sacramento (URU)e, por fim, para nós 3, qto vc calcularia em dólares ou em pesos q gastaria c/ alimentação, transporte e passeios (só uma ideia)?

    Obrigado!

    Valmir

  • Boa tarde,

    Vou fazer um intercambio para Buenos Aires no mês de Setembro e ficando por lá aproximadamente 1 mês, gostei bastante das dicas aqui e gostaria de saber o que vocês recomendam, devo trocar o dinheiro agora ou esperar mais um pouco?.

    Abraços.

    • Olá Adão, câmbio é sempre uma caixinha de surpresas, mas o peso em si está desvalorizando cada vez mais. Foram 22% de desvalorização só em janeiro de 2014.
      O dólar é que é o perigo…

      Abraço e bom intercâmbio, já fiz intercâmbio de 6 meses em La Plata e adorei.

  • Olá, considero ótimas as dicas encontradas aqui, estou indo a Buenos Aires dia 16/03, estou levando 3 mil dólares, se não me engano o limite é 10 mil, fazendo um cambio bom, por volta de 12 pesos, acho que consigo 36 mil pesos, convertendo em reais, devo ficar com cerca de 12 mil.
    Minha dúvida é: onde faço o melhor câmbio? Em Buenos Aires ou no Brasil quando voltar?
    * Considerando um gasto mínimo por ficar na casa de um amigo, e a duração da viajem ser somente 2 semanas.

    Obrigado.

    • Olá Diego, como vai?
      Acredito que se você tem um amigo em Buenos Aires ele poderá lhe indicar um bom cambista para conseguir o melhor preço no Dólar Blue.
      Para mim qualquer quantia superior a 8 pesos já é bom, pois 8 pesos é hoje a cotação atual.
      Estão pagando facilmente 10 pesos em restaurantes, hotéis, etc, mas ninguém melhor que um residente para lhe indicar um cambista de confiança.

      Abraço.

  • Ola, bom dia a todos. Lendo todas as dicas, ainda me resta uma duvida. Estou indo fazer um intercambio em Buenos Aires e gostaria de saber: devo me manter na argentina com dolares ou peso? Grata pela atencao.

  • Ola André.
    Gostei mto das dicas a cima.
    Mas tenho algumas dúvidas.
    O que levar? Peso ou dólar?
    Onde trocar? Brasil ou Buenos?
    Estou de lua de mel marcada em maio pra Buenos aires.

    • Olá Barbara, como vai?
      Leve uns 400 pesos para suas primeiras horas.
      Logo, leve tudo em dólar.

      Lá troque em casas de câmbio da Calle Florida, não troque com ninguém na rua, além de ser crime você pode pegar bilhetes falsos.
      Se a policia te pegar trocando dinheiro na rua poderá reter todo o seu dinheiro.

      Até já.

  • Amigos,
    Estou indo para Buenos aires em agosto/2014 gostaria de saber o que devo levar dólar ou peso?Troco por aqui mesmo ou deixo pra trocar lá?Ou será que devo levar meio a meio?

  • André vou para Buenos Aires em Junho,minha primeira viagem Internacional,li e continuo na duvida,que moeda devo levar?????Real,dólar ou pesos?

  • Olá! Gente, encontrei hj esse blog… estou indo pra argentina agora em abril e gostaria de saber quantos pesos a gente gasta por dia. É vantagem comprar o bilhete daquele bus de turista que tem por lá?
    vou passar 5 dias e estou levando 1700 pesos, tá bom ou vou gastar mais que isso lá?

  • Arrependido, assim me sinto.
    Sinto-me arrependido de não ter trazido mais reais para trocar por pesos no cambio paralelo. Pagaram-me 4,60 no real. Sim, aqueles caras da rua que gritam cambio, cambio…
    Não sei se são todos honestos, mas gastei todos meus pesos e ngm apontou falsidade nas notas.

  • Boa tarde, as dicas sao otimas porem aida estou com algumas duvidas, estou indo para buenos aires no dia 31/7, como estava na duvida de que moeda levar ja troquei alguns dolares com um amigo que vendeu a final da copa do mundo, portanto tenho mil dolares, estou na duvida se troco por mais dolares aqui ou se levo o restante em real e troco por la? Levo alguma coisa em peso para as primeiras despesas?

  • Gostaria da dica do número do telefone de algum taxista em B.Ayres pois vou em fevereiro/2015. Se possível também onde posso trocar alguns pesos em Salvador-BA. Outra dúvida que tenho é se posso levar só reais ao invés de levar também dolares.

  • Boa Tarde, sei que o post é antigo, mas com informações úteis, pelo que informaram, hoje não compensa viajar com dólar, principalmente para região da patagônia. Estou um pouco apreensiva e gostaria de saber, se vale a pena trocar todo meu dinheiro por peso assim que chegar no país, já que agora o Banco La Nacion tem uma agência 24 horas no aeroporto.

  • Olá pessoal, acabei de voltar da Argentina (Buenos Aires), passei por lá de 21-08-2014 até 26-08-2014, a dica que dou, NÃO FAÇAM CÂMBIO no Brasil ou até mesmo nas casas de cambio da Argentina, muito menos no Aeroporto.

    No Micro centro de Buenos Aires , existem muitas pessoas que oferecem o CÂmbio. Claro, não se deve trocar a moeda na rua!!! Mas existem lojas de turismo que estão fazendo o Câmbio do dólar a $13,40 dólares, o R$5.45 o real!!! Sim deu super certo!!

    Podem procurar por um rapaz chamado XXXXXXXXXXX..ele fica em frente a XXXXXXXXXXXX, na Calle Florida, (umas das princiais ruas do Microcentro de B.As ), não estou ganhando nada para indicá-lo, apenas estou repassando uma informação bem bacana pois tive uma grande felicidade de ver meu dinheiro ser multiplicado..meu noivo e e eu nos acabamos nas compras!!! Vale muito a pena!!! e é isso! A grande sacada do negócio é vc se mostrar entendido…vá atualizado quanto ao valor do dólar blue (mercado paralelo) e boas compras!!!

    [***editado não permitimos divulgação de empresas ou prestadores de serviços***]

  • OI André,

    Parabéns pelo Blog! Li atentamente as dicas… Vi que você fez intercambio em La Plata e eu estarei fazendo também um intercambio na Universidade de lá.

    Tomei a liberdade de te add no face… Tenho algumas perguntas. La Plata é um cidade cara? Continua a sugestão de levar dólares? Locais para morar?

    Abraço,

  • Bom dia, André!

    Estou indo viajar agora em Novembro e estou com muitas duvidas… um amigo meu disse que era melhor levar peso e real e se precisar trocar lá em loja de cambio. Vou sozinha participar de uma conferencia e estou bastante preocupada, sera que poderiamos conversar mais sobre o assunto.

    Obrigada!!!

  • Entre as perguntas mais comuns, os argentinos questão do que determina o preço do dólar na Argentina e que determina a correlação da mudança no dólar peso. Como acontece com qualquer tipo de mercadoria, o dinheiro também tem um preço, um conceito-chave para a compreensão de como o dólar hoje está estabelecida. Recomendo este artigo: http://valordeldolarblue.com.ar/

    Saudações

  • Bom dia!
    Estou indo para Argentina em agosto de 2015 e não tenho noção de nada sobre dinheiro, dólar e tudo mais….
    Por favor alguém me ajude.
    Obrigada!

Deixe um comentário